First Serve

De La Soul’s Plug 1 And Plug 2

Duckdown Records, 2012

 

POR Daniel Tamenpi publicado em 27.04.2012

compartilhe esta notícia

Antes de qualquer introdução, é bom deixar claro: não se preocupem, o De La Soul não acabou. First Serve é um projeto paralelo entre os MC's Posdnuous (ou Plug 1) e Dave (ou Plug 2), com a dupla francesa 2&4, formada pelos produtores Chokolate e Khalid. Porém, Maseo (o Plug 3), DJ e peça importantíssima no trio, permanece na formação oficial. Este novo trabalho é um daqueles ditos “discos conceituais”, formato um tanto desgastado na música e, principalmente no rap. Nos últimos anos, nomes tão distintos no estilo como The Roots, Lupe Fiasco e T.I. fizeram o seu álbum conceitual. Porém, tem de se abrir um parênteses: quem está de frente é o De La Soul, um dos principais arquitetos do melhor rap já feito na Terra do Tio Sam e em toda a história do hip-hop. Os caras estão na estrada desde a década de 80, e nunca deixaram a bola cair, seguindo com o tempo e seguindo como grande referência para o gênero.

Em First Serve tudo é feito de forma bem amarrada, com uma sequência de dezesseis pedradas que roteirizam a história de dois rappers fictícios que constroem suas carreiras durante a década de 90. Dave e Pos transformam-se na dupla Deen Whitter e Jacob "Pop Life" Barrow, porém em certos momentos são também os narradores da história com uma visão exterior. As músicas formam capítulos sonoros que passam por diversos momentos da vida da dupla: desde o início da amizade dos personagens, descrito na faixa de abertura, “Opening Credits”, passando pelos momentos de perrengue e trabalho duro, contados em “The Work”. O sucesso vem com o primeiro hit na fanfarrona e bem humorada “Must B The Music”. No auge da carreira rola até um triângulo amoroso envolvendo os dois e uma ‘pretty lady’ francesa na impecável “Pop Life”. Porém, tudo que sobe, desce. A dupla não segura a onda e cai em decadência, narrada nos sons que fecham o álbum. Todos esses capítulos sonoros são trilhados com produções que passeiam por gêneros como o soul, funk, rock, disco, blues, pop e rendem beats que juntam a velha e nova escola de maneira precisa, retrô e atual na medida certa.

Caindo no clichê de “esse disco rende um filme”, First Serve renderia mesmo. Não só pelo bom roteiro (e trilha sonora), dignos de uma película nos moldes comédia dramática de blaxploitation, mas por ser também, uma crítica muito bem humorada ao caráter industrializado que tomou conta do rap, ou hip hop, no mundo todo, e acabou criando tendências nem sempre interessantes. Felizmente, ainda temos o De La Soul pra nos mostrar o lado bom disso tudo. Enfim, o rap voltou a ser realmente divertido. Palmas para Plug 1 e Plug 2! Palmas para Chokolate e Khalid!

tags:
 de la soul, plu 1, plug 2, first serve

reviews mais lidos


melhores soma

discos
faixas

Rob Mazurek Octet Skull Sessions

Julia Holter Ekstasis

The Thing & Neneh Cherry The Cherry Thing

 

Oyá . MetaL MetaL

livros & quadrinhos

Jake Adelstein Tóquio Proibida

Lourenço Mutarelli Quando Meu Pai Se Encontrou Com o ET Fazia Um Dia Quente

Marcello Quintanilha Almas Públicas

Vários Autores (org. Lucas Ribeiro) Transfer – Arte Urbana e Contemporânea

filmes
games

Pearl Jam . PJ 20 Cameron Crowe . Sony Music . 2011

Itamar Assumpção . Daquele Instante em Diante . 2011 Itamar Assumpção . Daquele Instante em Diante . 2011

Infinity Blade II Epic Games e Chair Entertainment . 2011

ICO and Shadow of the Colossus Collection Sony Computer Entertainment . 2011

mais reviews