Baixe "DJ Nyack Apresenta: Remixtape Emicida"

Disco traz novas versões de dezenas de MCs para sons já “clássicos” do Emicida. Ouça o disco e confira um faixa-a-faixa com o DJ Nyack

POR AMAURI STAMBOROSKI JR.
publicado em 16.01.2013 11:09  | última atualização 18.01.2013 16:11

DJ Nyack apresenta: Remixtape Emicida POR Reprodução

Acabou a espera. Depois de uma semana de mistério, junto com os trutas do Laboratório Fantasma, finalmente está no ar a DJ Nyack apresenta: Remixtape Emicida. Com 15 tracks e mais de duas dezenas de MCs, a “remixtape”, projeto talvez inédito no rap nacional, traz novos – e alguns veteranos – rappers criando novas rimas para beats das duas mixtapes do Emicida: Pra Quem Já Mordeu Um Cachorro Por Comida Até Que Eu Cheguei Longe e Emicídio.

Baixe DJ Nyack Apresenta: Remixtape Emicida

Segundo o Nyack, que cuidou de todo o processo, a ideia era antiga. “Eu sempre tive esse papo com o Leandro, mas a gente resolveu botar em prática a partir de setembro de 2012”. O processo foi bastante rápido. “No começo de outubro eu mandei um e-mail chamando os artistas que a gente tinha separado. Demorou uma semana para a gente chegar na lista. O que mais demorou foi todo mundo responder. Depois sentamos e selecionamos as faixas que iríamos passar para cada artista. A gente começou a gravar em dezembro, fizemos tudo em quinze dias”, lembra o DJ.

Boa parte das vozes foram gravadas no Chocolatee Studio, e a mixagem e a masterização ficaram por conta do DJ Caíque. “Sou amigo do Diamantee faz um tempo e ele tinha acabado de abrir o Studio. Era final de dezembro, e a maioria dos estúdios estavam sem horários Ele fechou duas semanas só pra gente, ele e o DJ William”.



A ideia inicial era soltar a Remixtape ainda em 2012, no final do ano, mas como nessa época muita gente já está off-line, o pessoal do Laboratório Fantasma resolveu segurar para começar 2013 com uma ótima novidade. “E, além disso, deu tempo de o Don L participar”, comemora Nyack.

Para o DJ, o disco “é uma oportunidade de estar com esses artistas também, são caras que a gente vê desde sempre nos eventos, sempre colam nas festas. Ver a evolução deles é gratificante, porque eles saíram do mesmo lugar que a gente. E os caras curtirem fazer esse projeto é do caralho”.



Além de disponibilizar a Remixtape em streaming e pra baixar, nós fizemos um faixa-a-faixa do disco com Nyack e com Fióti, irmão do Emicida e produtor do Laboratório – confira abaixo.

“Intro” . DJ Nyack e MC Bazuka

Nyack . “É um freestyle do MC Bazuka, um personagem de um MC conhecido aí, em cima do beat de ‘Vai Ser Rimando’”

“Cê Lá Faz Ideia” . Amiri (beat: Laudz)


Nyack . “Passamos essa pro Amiri pelo conteúdo lírico dele, pelas coisas que ele apresentou tanto no EP quanto nos shows, ‘Cé Lá Faz Ideia’ era perfeita pra ele. Quando sugeri essa pro Emicida, ele falou ‘tem que ser essa’. O Amiri ficou muito feliz de pegar, ele comentou com o Kuririn depois, ‘o Nyack acertou pra caramba, era a música que eu queria fazer’. Ele foi o primeiro a mandar”.

“Rua Augusta” . Stefanie (beat: Casp)


Nyack . “A gente escolheu a Stefanie porque a gente queria ter uma visão feminina do tema, por mais complicado que seja falar sobre isso. Ela disse que demorou pra escrever porque era um tema delicado, ela conversou com um amigo da mãe dela que é assistente social e trabalha com garotas de programa. Ela arregaçou nas rimas”

“Rinha” . Família de Rua, Douglas Din e Matéria Prima (beat: Skeeter)

Nyack . “Tem a ver com o tema, do Duelo de MCs de BH. Conhecemos eles na estrada, eles são muito legais. O Duelo é uma parada gigante, tipo o Santa Cruz, toda semana na rua de graça, mas com estrutura, toca-disco, caixas de som. Os caras se agilizaram mesmo e estão fazendo a cena acontecer em BH”

Fióti . “Foi foda o dia em que a gente tocou lá, no aniversário do Duelo. Fizemos um show surpresa, gente pra caralho embaixo do viaduto”.

“Chega Junto [Um, Dois, Três, Quatro]” . Savave (beat: Lou P)

Nyack . “Eles deram o nome de ‘Chega Junto’, mas é a ‘Um, Dois, Três, Quatro’. Escolhi essa pela batida, proque tem muita a ver com o que o Nave e o Tiago gostam de fazer e cantar. E também é um tema livre, para eles ficarem à vontade para escrever o que quisessem. Essa foi uma das poucas que mudaram de nome”.

“De Onde Surgiu [De Onde Cê Vem]” . Rick Fuentes e Jamés Ventura (beat: Dj Will)

Nyack . “Marreta Records! Eles citam no refrão ‘MTA’ e tudo. É legal que eles falam sobre a mesma coisa que a original, mas de outras maneiras. O Rick fala mais do graffiti e o Jamés fala do break e do rap em si, da ‘febre do pixo’ que rolava lá no Taipas. É louco ver como as histórias se encontram”

“Hey Rap!” . Versu2 (beat: Dario)

Nyack . “Foram eles que escolheram essa. Devido à demora na resposta de e-mails, a gente não estava mais contando com eles. Nos 45 do segundo tempo, o Rangel estava aqui em São Paulo e falou, ‘meu, o Coscarque me falou agora, dá tempo?’. Falei, ‘dá, mas eu não pensei em nenhuma música ainda’. Eles queriam fazer uma da primeira mix e escolheram essa, da hora”

“Só Mais Uma Noite” . Ogi & Kamau (beat: Zegon)

Fióti . “Essa foi a primeira, ia rolar antes da remixtape. Desde 2010, no dia que saiu a mixtape,  eu e o Emicida descendo do palco chorando e o Kamau já tava falando desse som com o Zegon, ‘que música foda’. Só que o Kamau é meio na dele, nunca falou que queria gravar a versão. Aí o Ogi veio aqui no Laboratório falar uns lances do disco dele e falou, ‘a gente tem que fazer umas paradas novas’. Ele sempre falava desse som e eu falei pra gente fazer um remix de ‘Só Mais Uma Noite’ – ‘aí o pai fica foda!’, ele respondeu felizão, ‘vou escrever’. No outro dia ele já tava me pentelhando no Twitter (risos). Mandei um tuíte pra ele e o Kamau falou, ‘ô, essa daí eu queria chegar, hein?’. Eu peguei e falei ‘fechou’, o Ogi já tinha feito inteira mas colocou só metade dos versos. Essa era a que tava pronta, quando a gente fez a Remixtape foi só juntar e gravar os dois, e casou melhor de ser os dois, é o single”

“O Vento [A Cada Vento]” . Ataque Beliz (beat: Filipe Tixaman)


Nyack . “Eu conheci eles num show num estacionamento em Brasília. O Leandro já conhecia um deles. Eles sempre iam nos shows da gente lá, trocavam uma ideia. Escolhemos ‘A Cada Vento’ pelo sentimento mesmo, essa pegada com banda, de ragga”

“Isso É Viver” . Tiago Rednigazz & Rodrigo Tuchê (beat: DJ Nyack)


Nyack . “Botamos o Rednigazz pra trabalhar, mais do que ele já trabalha aqui (Tiago é assessor jurídico do Laboratório Fantasma). Tá fazendo hora extra (risos). Antes de sair a primeira mixtape, os meninos já conheciam e acompanhavam a gente. Escolhi pela letra, pelo que ela representa, acho que tinha a ver com o trabalho do Tuchê e do Rednigazz, que eu acho que escreve bem pra caralho”

“Santa Cruz” . Flow MC, Bitrinho, Drik Barbosa e Marcello Gugu (beat: Nave)


Nyack . “Não podia ser outro time. Mandei já pensando na turma da Batalha do Santa Cruz. E eu falei, ‘eu quero a Drik rimando’, já que ela tá cantando tanto –e tão bem – agora”

Fióti . “Essa menina aí, pode aguardar, ela tem futuro”

“I Love Quebrada” . Tuty e Rincon Sapiência (beat: Casp)


Nyack . “O Tuty é um dos poucos caras que sabe fazer dirty south no Brasil, tanto quanto o Rincon. Eles são de lugares diferentes e eu achei que ia casar os dois na mesma faixa. Eu gostei pra caralho. No primeiro refrão ele usa as gírias do Rio Grande do Sul, e depois ele usa as gírias normais da mixtape mesmo. Os dois souberam desenrolar bem o tema”

“Então Toma” . Flora Matos (beat: Renan Samam)

Nyack . “A Flora foi uma das últimas a gravar. As músicas que ela queria já tinham rolado antes, com outros artistas, mas ela acabou escolhendo essa. O que foi ótimo, porque ficou foda. Ela tomou a música pra ela, é outro som. Do caralho”

“Eu Também [Tô Bem]” . Raphão Alaafin (beat: DJ Nyack)

Nyack . “Menino bom de Osasco, conheço ele faz tempo. Ele sempre falava desse beat, “esse seu beat é foda”. Quando saiu o projeto, mandei de presente essa, ‘vou desenrolar essa pra você’, falei. E ele desenrolou bem na rima”

“Beira de Piscina” . Don L (beat: Casp)


Nyack . “Essa é pra fechar, né? Até porque ‘sangue é champanhe’, na beira de piscina, pá, Don L. Foi assim que eu decidi (risos). Eu fiquei feliz que ele gostou. Graças a Deus deu tempo de ele terminar, porque eu queria muito que ele participasse. Quando a gente descobriu que ia atrasar, a primeira coisa que eu fiz foi mandar um e-mail pro Don L. Se não tivesse adiado não ia ter o Don”

tags:
 emicida, somacast, henrick fuentes, ogi, zegon, flora matos, rincon sapiência, kamau, don l, flow mc, dj nyack, marcello gugu, família de rua, matéria prima, Amiri, Dj Will, Dario, Raphão Alaafin, Douglas Din, jamés ventura, Bitrinho, remixtape, remixtape emicida, Drik Barbosa, MC Bazuka, Stefanie, Savave, Versu2, Ataque Beliz, Tiago RedNigazz, tuty, casp, skeeter, lou p, filipe tixaman, nave, renan samam, rodrigo tuche

mais lidas

somacast




reviews

 

melhores soma

discos
faixas

Rob Mazurek Octet Skull Sessions

Julia Holter Ekstasis

The Thing & Neneh Cherry The Cherry Thing

 

Oyá . MetaL MetaL

livros & quadrinhos

Jake Adelstein Tóquio Proibida

Lourenço Mutarelli Quando Meu Pai Se Encontrou Com o ET Fazia Um Dia Quente

Marcello Quintanilha Almas Públicas

Vários Autores (org. Lucas Ribeiro) Transfer – Arte Urbana e Contemporânea

filmes
games

Pearl Jam . PJ 20 Cameron Crowe . Sony Music . 2011

Itamar Assumpção . Daquele Instante em Diante . 2011 Itamar Assumpção . Daquele Instante em Diante . 2011

Infinity Blade II Epic Games e Chair Entertainment . 2011

ICO and Shadow of the Colossus Collection Sony Computer Entertainment . 2011

mais reviews