Boatismo lista as melhores festas ‘HT-friendly’ de São Paulo

Tumblr que cobre a cena noturna gay da cidade elege as baladas héteros mais bombadas

POR BOATISMO
publicado em 02.08.2012 16:22  | última atualização 03.08.2012 12:12

Imagem da festa Javali POR Leandro Godoi / Divulgação

Fotos tungadas dos sites oficiais das baladas - exceto a da Explode, tungada da Ananda

Se você é um paulistano hétero, dificilmente deve ter ouvido falar do Boatismo. Mas se você for do babado e frequentar a cena noturna gay da cidade, já deve estar bem ciente do tumblr especializado em resenhar festas e casas noturnas de São Paulo, com nível proporcional de chochação e diversão – bem melhor, mais sincero e engraçado que os guias mais “oficiais” que você encontra por aí. Ou, como eles próprios se definem, "um estudo sócio-cultural sobre a vida noturna, sua incrível fauna e seus fascinantes hábitos". Como também somos chegados num estudo sócio-cultural, pedimos à equipe anônima do tumblr uma lista com as melhores baladas hétero de SP, e recebemos a seguinte resposta: “ainda existe boate HT?! HAHAHHAHA”. No fim, chegaram com essa lista com as melhores festas “HT-friendly” da cidade, para você desbravar e curtir. Se joga bee.


 
Blacktape @ Clube Glória

Pra você que curte um aba reta, a festa de quinta do Glória é um oásis no meio de tanta afetação e tédio que há por aí. Música boa e gente bacana numa noite feita por quem sabe das coisas. A gente respeita e cai sempre que pode, lembrando que todo mundo tem que dar conta do dia seguinte, né? Mas quem se importa? Jogação não tem dia pra acontecer.



Expolode @ Neu

A festa rola toda sexta, e a gente, sempre que pode, bate cartão. Na pista, Dago e seus convidados garantem a melhor trilha sonora da sexta HT em São Paulo. Se rolar uma cumbia prepare-se: sempre rola um momento de dança do acasalamento dos mais ~solteiros-à-procura~. Porém o clima da festa não é pegação desenfreada, o quintal da casa (onde a festa realmente acontece)  ajuda você a conversar melhor com aquela peguete de outras festas indies.


 
Decadance @ Alberta #3
A festa mais divertida do Alberta rola aos sábados. Se existe uma sauna hétero em São Paulo, ela se chama “pista do Alberta na Decadance”. Não é magia, é a tecnologia do ar condicionado que deixa a desejar mesmo. Porém isso pode não ser exatamente um problema para quem curte “corpos suados se encontram” e aquela coisa toda. Sem contar que é só mandar alguns Mojitos Royal que pronto, fica tudo lindo - e se você for esperto e simpático, os garçons entregam seu drink na pista. No som, tudo que for hit indie-universitário e dançante.



Santo Forte @ Estúdio Emme

Agora, se a ideia é exorcizar o encosto de chacrete, nada melhor que uma das festas mais originais e autênticas da cidade. Uma vez por mês o Estudio Emme recebe a Santo Forte, especialista em ritmos nacionais que fogem do óbvio-bagaceira que o pessoal toca por aí. Gente de todos os tipos se encontra no galpão escuro de Pinheiros e sacode até o amanhecer ao som do tamborzão. A jogação é garantida e a diversão também.



Javali @ Liberdade

O lema da festa é “excessos são bem vindos” mas poderia ser “diga não ao carão”. Pra se jogar sem medo, com a certeza de que vai ser difícil sair da pista, uma vez que o trio Adipe, Cris e Júlio não economizam em hits e hinos atemporais, numa sequência que atravessa a noite e não tem hora pra acabar. Bom humor é dress-code obrigatório da galere, uma mistura saudável de rolês, gêneros, classes, filos e reinos. Com direito à momentinho-emoção, dançando com as mãos pra cima e de olhos fechados enquanto chove papel picado e o povo cantando em coro, pode ir sem medo: sua noite vai ser inesquecível.

Menção Honrosa - Jameika Dub Reggae Ragga Rap Dancehall e afins @ Sarajevo

Sabe o “não fui/ vi não gostei”? Esse é exatamente o caso contrário dessa festa: nunca fomos, mas sabemos que deve ser bem boa. Na festa, tocam Lei Di Dai e seus chegados. Uma galera do dancehall e outros ritmos jamaicanos que nós, aprovamos com louvor. A festa rola primordialmente no Sarajevo (sim, ele ainda existe!) e qualquer hora nós vamos nos trombar por lá.

tags:
 estúdio emme, neu club, alberta #3, boatismo, cube glória, javali, sarajevo

mais lidas

somacast




reviews

 

melhores soma

discos
faixas

Rob Mazurek Octet Skull Sessions

Julia Holter Ekstasis

The Thing & Neneh Cherry The Cherry Thing

 

Oyá . MetaL MetaL

livros & quadrinhos

Jake Adelstein Tóquio Proibida

Lourenço Mutarelli Quando Meu Pai Se Encontrou Com o ET Fazia Um Dia Quente

Marcello Quintanilha Almas Públicas

Vários Autores (org. Lucas Ribeiro) Transfer – Arte Urbana e Contemporânea

filmes
games

Pearl Jam . PJ 20 Cameron Crowe . Sony Music . 2011

Itamar Assumpção . Daquele Instante em Diante . 2011 Itamar Assumpção . Daquele Instante em Diante . 2011

Infinity Blade II Epic Games e Chair Entertainment . 2011

ICO and Shadow of the Colossus Collection Sony Computer Entertainment . 2011

mais reviews